sexta-feira, 27 de agosto de 2010

OS VENTOS DE MUDANÇA VIERAM



Bem, des
de as Diretas Já entre 83 e 84, bem como a Constituinte em 1988, não ocorrera uma mudança tão radical em nosso quadro político. Me refiro ao projeto de iniciativa popular "Projeto Ficha Limpa", este que veio pra revolucionar (pro bem) a política brasileira.

É bem sabido que sempre houveram os maus intencionados para com a política bem como o erário público, os vendo apenas como meio de logro pessoal. Ou os que pela influência o fizeram, tal como Chalaça; o Cortesão de Dom Pedro I. Se não, a "república café com leite", sob a qual, fez-se nascer obras primas da oratória, como o célebre discurso do Rui Barbosa, no Senado Federal em 1914.

Sempre houveram os oportunistas e, por conta destes, ameaçaram a estabilidade quando Império, ou quando República e Democracia. Sempre nascem falhas na Democracia pela própria Democracia, de modo que, há uma necessidade de uma constante evolução desta Democracia e, Passaram-se incríveis 22 anos sem Nada impactante no que trata-se de "aprimorar a Democracia".

O momento (digo: divisor de águas) é este, ou melhor "Ficha Limpa" é só o começo.

O breve momento histórico 1988/2010 em muito lembra o que ocorreu aqui durante a política café com leite, a qual culminou e provocou a revolução Getulista de 30. Evidentemente, após um período de bandalheira, tende-se ao Totalitarismo. (precisamos disto mais uma vez, meus caros amigos e políticos?) Então, façamos pela Democracia a sua aprimoração: Não pela força.

Pela Democracia e para a Democracia veio o Projeto Ficha Limpa, afim de corrigir estas falhas, as quais têm nos corroído os ossos ao agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus e promover a injustiça. Com uma injustiça reinante onde seria Democracia, é comum vir o ceticismo, estarrecimento, até mesmo a chacota do povo para com a política e os seus representantes por conta dos desmandos, da bandalheira, da improbidade, da desonestidade e da desonra de (boa parte) de nossos políticos atuais. O estarrecimento e a descrença popular assola o povo, isto é benéfico quando aliado à vontade de mudança, quando a apatia se estabelece...é perigoso; o povo tende à submissão, quando brota-se o ódio; nasce o totalitarismo.

Certamente, a maioria de nossos políticos quando não desconhecem totalmente estas questões, as desconsideram por completo em favor de suas ambições pessoais: Enriquecimento ilícito; perpetuação e hereditariedade de poder (como se Democracia fosse uma Monarquia e corte). Estes são os contra-reformas, não por serem Conservadores, já que conservadores gostam de mudanças quando pro bem, mas por serem oportunistas, são contra os ventos de mudança, contra toda aprimoração da Democracia pois, isto representa a cessação de suas mamatas e inviabilização de suas ambições pessoais.

Quantos são os políticos que praguejam até o ultimo sussurro contra o Projeto Ficha Limpa?! Certamente milhares Brasil afora, milhares de picaretas que serão postos de lado pela Justiça por anos a fio. Pois, só assim para com uma parte do povo que tem memória de peixe (esquece tudo a cada 6 segundos) que pouco se importa se o político roubou mas fez (?) ou, cego por fanatismo se deixa manobrar por cabrestos ideológicos enraizados em suas cabeças e corações, tal como boi no pasto. Há inclusive os vendidos aos picaretas, em boa parte os que seriam profissionais liberais da mídia, do Direito, da Contabilidade...estes que se relacionam com o poder e os poderosos tal como o Cortesão Chalaça para com o Império e Dom pedro I. Outrora.

Para esta gente, o Ficha Limpa só deve ter saído do inferno, por tanto atazanar as suas reles e vis existências (Se preparem, pois é só o começo!). Mas para o povo o qual o concebeu, para a Justiça a qual o ansiou, para a Democracia a qual o exigiu, este é obra divina, é a Justiça de Deus guiando a dos homens, é um pequeno e (primeiro depois de décadas?) instrumento da Justiça dos Bons para com os Maus.

...E do povo pela Justiça nos vem o nosso vento de mudança. Agora, a partir deste momento, façamos o nosso futuro Diferente, Brasil!

"Só o bem neste mundo é durável, e o bem, politicamente, é todo justiça e liberdade, formas soberanas da autoridade e do direito, da inteligência e do progresso." (Rui Barbosa - O Partido Republicano Conservador, Pág 46)


Airon Figueirêdo

Nenhum comentário: